O VALE É NOTICIA INFORMAÇÃO COM PRECISÃO

O VALE É NOTICIA INFORMAÇÃO COM PRECISÃO

Ultimas Postagens

sábado, 18 de outubro de 2014

Presidente da Câmara denuncia prefeito de Piancó por usar prefeitura a favor de RICARDO COUTINHO.

O presidente da Câmara de Piancó e mais cinco vereadores de oposição assinaram nessa sexta-feira, 17, nota de repúdio contra o prefeito Sales Lima. Eles dizem que o prefeito tem usado a máquina público em benefício da reeleição do governador Ricardo Coutinho.


De acordo com a nota, na campanha do primeiro turno, para conseguir votos, o prefeito prometeu falsamente aos comerciantes locais, que utilizam prédios públicos, regularizar a situação dessas pessoas e mantê-las definitivamente nos estabelecimentos onde estão hoje, prometendo que iria mandar um projeto para a Câmara nesse sentido.


Agora, neste segundo turno, o prefeito lançou uma outra falsa promessa, desta vez para tentar enganar os professores. Segundo a nota, o gestor municipal disse ao magistério, por ocasião do Dia do Professor, que iria mandar um projeto de lei para a Câmara concedendo aumento salarial para a categoria.



Folha do Vali
Mais informações »

VEJA AS FOTO DO COMÍCIO DE CÁSSIO EM ITABAIANA

O candidato Cássio Cunha Lima (PSDB) fez, na noite de ontem (17), um grande comício, na cidade de ITABAIANA que contou com a participação de várias lideranças local e regional. Entre elas o ex-candidato a prefeito de Salgado DR. JONI OLIVEIRA,ex-prefeito de Juripiranga Tom Maroja, o prefeito de Mogeiro Antonio Fereira, e Manoel da Lenha prefeito do Ingá. Antes uma multidão tomou as ruas da cidade em passeata e consolidou o maior comício deste segundo turno de campanha em Itabaiana.

Mais informações »

BOMBA! Dono da 6Sigma abre o jogo sobre os motivos da proibição da pesquisa e detona IBOPE

ÁUDIO BOMBA! Dono da 6Sigma abre o jogo sobre os motivos da proibição da pesquisa e detona IBOPEO proprietário da 6Sigma diz que não divulgou a pesquisa porque o contratante proibiu. Em entrevista ao blog do Gordinho, ele zombou do Ibope e revelou:  a eleição está  'pau-a-pau'.
Segundo Pedro, a pesquisa mostra que a disputa para governador da Paraíba está 'pau-a-pau', ou seja, disputadíssima. Pedro acrescentou que o único objetivo de não ter divulgado o número foi porque a pessoa responsável por contratar o instituto não permitiu eu os números viessem à tona
A 6Sigma, em parceria com a TV Master e Rádio Campina FM, deveria ter divulgado, neste sábado (18), às 13 horas, uma pesquisa de intenção de votos para o governo da Paraíba. Contudo, até às 17 horas, os números ainda não haviam sido revelados e a empresa não explicou os motivos de 'abortar' a divulgação.

O Blog do Gordinho fez contato com o empresário e comunicador Alex Filho, da TV Master, para saber os motivos pelos quais a pesquisa não foi ao ar. "Nem eu sei o que aconteceu", foi a resposta de Alex Filho.

Também foi tentado contato com a empresa 6Sigma, mas eles não responderam aos telefonemas para explicar os reais motivos da desistência da divulgação da pesquisa, que foi anunciada, inclusive nas redes sociais, para revelar as intenções de votos dos paraibanos na tarde de hoje.
A 6Sigma ficou conhecida na Paraíba por ser a empresa que mais acertou no resultado das respostas do eleitorado e, por esse motivo, estava sendo aguardada com muita expectativa pelos candidatos e também pelos eleitores.
Mais informações »

Redução da maioridade penal pode ser aprovada

A ex-senadora Marina Silva, candidata derrotada à Presidência pelo PSB, apareceu na última sexta-feira (17) pela primeira vez ao lado do candidato Aécio Neves (PSDB) após anunciar o apoio ao tucano no segundo turno. A aliança foi costurada após uma série de exigências de Marina, que queria ver incluído no programa de governo do tucano temas que ela considerava fundamentais, como a aceleração da reforma agrária, o compromisso de implantar escolas públicas de tempo integral e uma política progressista em relação ao clima e à sustentabilidade. Uma das exigências, porém, não foi atendida: voltar atrás na proposta de propor a redução da maioridade penal nos casos dos crimes hediondos.

Durante as discussões sobre o apoio da ex-candidata, Aécio disse em entrevista coletiva que não “podemos abdicar daquilo que acreditamos que seja essencial para o País”. Marina passou por cima da negativa tucana ao apoiar o ex-adversário.
Um Projeto de Emenda Constitucional (PEC 33/2012) de autoria do senador tucano Aloysio Nunes, vice na chapa de Aécio, tramita no Senado Federal e prevê que adolescentes entre 16 e 18 anos autores de crimes considerados hediondos, como homicídios, latrocínios e sequestro, sejam punidos como adultos.

Segundo Antônio Queiroz de Queiroz, analista político e diretor de documentação do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap), o texto deve ter facilidade para ser aprovado na próxima legislatura, independente de quem for eleito como presidente do País.
“Teremos um Congresso com parlamentares ligados com a área de segurança, policiais e ex-policiais, chamados linha dura, apresentadores de programa de televisão, que vem respaldo popular da lógica de que ‘bandido bom é bom morto’. Não tenho dúvida de que será mais fácil para aprovar”, argumenta Queiroz, que cita também o aumento na bancada evangélica como motivo facilitador da aprovação da PEC.
Tramitação
Apesar de ter sido rejeitado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, onde foi considerada inconstitucional, Nunes conseguiu a assinatura de 27 senadores para aprovação de um requerimento que permite que o texto projeto entrasse em discussão no Plenário, apesar da decisão da comissão. Se não houver alterações durante as discussões, ele poderá ser votado e, se aprovado por 49 senadores (3/5 da Casa), é encaminhado para a Câmara, onde precisa da aprovação de 308 deputados (de um total de 513).
O senador Randolfe Rodrigues (PSOL-SP), que é contra o projeto, vê o esforço dos senadores da oposição como sinal de que o texto pode ser discutido ainda neste ano, logo após a definição das eleições.
“Há uma previsão de que ela seja votada entre o dia 26 de outubro e o final do ano. Eu acho que hoje existe um apelo maior para a aprovação mesmo após a votação desfavorável na CCJ. Em junho do ano passado, eu disse que o Brasil vivia em uma antessala da onda conservadora. Essa onda chegou”, acrescenta Rodrigues, se referindo a eleição de congressistas mais conservadores.
Dilma x Aécio: veja diferenças e semelhanças nas propostas dos dois candidatos
O senador tucano Álvaro Dias (PR), reeleito nesta eleição, diz que, caso Aécio Neves seja eleito, o projeto terá maior facilidade para ser aprovado de atualmente, já que o governo Dilma Rousseff (PT) é contra a redução da maioridade penal.
“É um tema polêmico. O governo é contra, mas com a maioria da população favorável. Com a vitória do Aécio, a perspectiva é que ele seja aprovado. Neste momento, só o peso do governo impede. Por enquanto, o governo está ganhando essa queda de braço.”
De forte apelo popular, o tema da redução da maioridade penal tem a aprovação de 93% dos paulistanos, segundo levantamento Datafolha de abril do ano passado. A Confederação Nacional dos Transportes (CNT) também encomendou à MDA pesquisa semelhante e o resultado não foi diferente. Segundo o levantamento divulgado dois meses depois, 92,7% dos brasileiros eram a favor da mudança na legislação.
Para Dias, maiores de 16 anos têm noção do que fazem e devem ser responsabilizados. “Há uma experiência internacional que favorece a redução. Aqui no Brasil, o argumento forte é de que os criminosos de alta periculosidade usam menores como laranjas. Isso vai inibir que esses menores sejam usados pelo crime. Os governistas argumentam que o sistema prisional não é adequado. Mas essa é uma responsabilidade do Estado. O crescimento da marginalidade nessa faixa etária mostra que é necessária a redução”, disse. O senador afirmou ainda que o presidenciável tucano já tem o compromisso de aumentar o número de vagas no sistema prisional.
Outros países
De acordo com dados da do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), a maior parte dos países mantém a imputabilidade penal de adolescentes aos 18 anos. Isso não significa, porém, que jovens não sejam responsáveis pelos seus atos e punidos. No Brasil, o Estatuto da Criança e do Adolescente (Eca) regula e dá as diretrizes para as punições.
Atualmente, adolescentes maiores de 12 anos já são responsabilizados pelos seus atos e cumprem medidas sócio-educativas em regimes fechados. A lei não permite privação de liberdade por mais de três anos.
Em uma lista de 23 países, 18 consideram que os adolescentes só poderão ser responsabilizados penalmente por seus atos a partir dos 18 anos. Na Argentina, por exemplo, apenas adolescentes com mais de 16 anos podem ser responsabilizados e só podem ser julgados como adultos aos 18. Lá, no entanto, não há limites para que o adolescente fique preso.
Na Colômbia, adolescentes a partir de 14 anos podem ser responsabilizados. A privação de liberdade, no entanto, só é permitida a partir dos 16, exceto nos casos de homicídio doloso, sequestro e extorsão.
Os adolescentes espanhóis ficam no máximo dois anos presos. Eles podem ser responsabilizados a partir dos 12, mas só são julgados como adultos entre os 18 e 21 anos, dependendo do decisão do juiz.

Nos Estados Unidos, as crianças já podem ser julgadas como adultas a partir dos 10, dependendo do estado. Em alguns deles, há aplicação de penas de morte e prisões perpétuas.
Para Fabiana Gorenstein, oficial de proteção da criança do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), a aprovação da medida desrespeita a Convenção Sobre os Direitos da Criança, documento que o Brasil assinou há 25 anos e foi o precursor do Estatuto da Criança e do Adolescentes (ECA), aprovado no ano seguinte.

“Não temos nenhuma evidência que isso seja capaz de conter a onda de violência. O Congresso está olhando essa faixa etária como autores de violência quando na verdade é a maior vítima da violência”. Segundo ela, no Brasil são assassinados 11 mil adolescentes por ano, número que coloca o país na segunda colocação desse ranking atrás apenas da Nigéria, onde morrem 13 mil menores por ano.

Outro argumento contra a aprovação é o número de crimes hediondos cometidos por adolescentes. No ano passado, 22.077 adolescentes cumpriam medida sócio-educativa, segundo relatório do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP). Deste total, a maior parte estava detida por roubos (38,1%) e tráfico de drogas (26,6%). Crimes como homicídio respondiam por 8,4% das detenções, latrocínio por 1,9%, estupros por 1,09% e sequestro e cárcere privado por 0,2%.
Último Segundo
Mais informações »

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Cícero decide trabalhar para eleger Cássio a voz do povo ele escutou;

Cícero Lucena, que ficou neutro no primeiro turno, vai trabalhar na campanha de Cássio Cunha Lima (PSDB), da coligação “A Vontade do Povo’, nesses últimos dias que antecipa o segundo turno.

Cícero e Cássio subiram  juntos no palanque de Aécio Neves, nesta sexta-feira (17), em Campina Grande.

“Quero agradecer esse gesto generoso, magnânimo e comprometido com a Paraíba. Cícero está aqui porque sabe que chegamos em um momento histórico”, disse Cássio durante a sua fala.

A decisão de se incorporar a campanha de Cássio acontece após Cícero ligar para Dona Glória, mãe de Cássio, onde ficou confirmada a sua entrada na reta final da eleição, conforme apurou o Blog do Gordinho.

O senador decidiu assumir uma postura neutra dentro do partido e sem aparecer em eventos políticos após ser preterido na chapa majoritária.


MaisPB

com Blog do Gordinho
Mais informações »

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

É nesta sexta-feira(17) Comício de Cássio em ITABAIANA, vamos mostra que o povo é mais forte.

 O candidato ao governo estadual pela coligação A vontade do povo, Cássio Cunha Lima (PSDB), estará realizando um grande comício em Itabaiana, nesta sexta-feira,17. Segundo os organizadores do evento, haverá uma passeata saindo às 20h da suburbana (antigo posto fiscal) até o local do comício que será realizado em frente a prefeitura municipal.
Mais informações »

Presidente do PSB e correligionários de Riachão do Bacamarte confirmam apoio a Cássio Cunha Lima no 2º Turno

Na tarde desta sexta ferira (10), o ex vereador Arimatéia de Riachão do Macamarte, lider da oposição e presidente do PSB, participou do encontro de lideranças promovido pela coordenação do PSDB no Garden Hotel em Campina Grande PB, onde confirmou seu voto e apoio a Cássio Cunha Lima no 2ºTurno das eleições 2014.


Ari chegou acompanhado de comitiva de correligionários, sendo que alguns deles votaram em Ricardo Coutinho (PSB) no 1º Turno, mas passarão a votar em Cássio no 2º turno devido as últimas movimentações partidárias.


"Iremos trabalhar para manter a vitória de Cassio com larga vantagem como foi no 1º turno, pois tenho certeza que o povo de Riachão tem opinião e decência" - Afirmou Ari
Fonte IngaCidadão .com
Mais informações »

Presidente da Colônia dos Pescadores de São Gonçalo anuncia adesão a Cássio, depois de votar no 1º Turno em Ricardo em Sousa

Durante o Comício na noite deste sábado (11) na Cidade de Sousa com a presença do candidato, Cássio Cunha Lima (PSDB) ao Governo do Estado foi anunciada adesão do Presidente da Colônia de Pescadores, Z-23 em São Gonçalo, Jeronimo Arlindo da Silva, conhecido por “Galego do Peixe”.
Articulação foi feita pelo Coordenador da Campanha de Cássio na grande Sousa, Prefeito André Gadelha (PMDB), com o Deputado Estadual, Jutay Mendes (PRB), o que confirmou adesão do Grupo do Peixe a eleição de Cássio para Governador.


No 1º turno, Galego do Peixe, Natalia Silva, Jerônimo Júnior, e outros amigos que compõem a Colônia de Pescadores de São Gonçalo votaram com Ricardo Coutinho (PSB), sobre articulação do Chefe de Gabinete do Estado, ex-prefeito, Fábio Tyrone, e deram uma votação esplendorosa ao girassol.


O Deputado Estadual, reeleito, Jutay Menezes recebeu 1.258 votos na 35ª e 63ª ZE eleitorais. Ficando, portanto, na terceira colocação dos mais votados da Cidade de Sousa, cujo apoio veio da Colônia de Pescadores de São Gonçalo.


André Gadelha disse que era muito bem-vinda a Colônia de Pescadores de São Gonçalo, que inclusive votou nele para Prefeito em 2012.


Galego do Peixe se encontrou com Cássio em cima do palanque, os quais se abraçaram para selar o acordo politico.



Redação
@folhadosertao 

Mais informações »

Bruno diz que comitê Ricardo/Aécio é fruto do oportunismo e da deslealdade

O vereador Bruno Farias (PPS), concedeu entrevista ao Portal WSCOM  e declarou seu ponto de vista quanto à criação do comitê Ricardo/Aécio. O parlamentar disse ter ficado perplexo com a decisão divulgada na manhã desta quinta-feira (16) e classificou a atitude como “oportunismo político” e “deslealdade” com o prefeito Luciano Cartaxo (PT).

“Além de ter sido ingrato e não ter feito um único agradecimento ao empenho de Luciano e Lucélio, que, juntos com o PT, foram os responsáveis pelo crescimento de Ricardo em João Pessoa, agora, o PSB, por pura conveniência e oportunismo, estimula os seus aliados a lançarem um comitê Aécio/Ricardo. Ao meu sentir, uma atitude desleal”, disse Bruno.

O vereador ainda comentou que na semana passada, em entrevista a um programa de TV, a deputada eleita Estelizabel Bezerra, colocou o seu nome à disposição do partido para ser candidata à prefeitura da capital em 2016, constituindo assim, uma disputa entre Estelizabel e Luciano.

“Esperar o agradecimento de Ricardo pelo que Luciano e Lucélio fizeram no primeiro turno, acho que o PT não esperava, até pelo histórico do governador. Mas acho que eles foram pegos de surpresa com essa atitude oportunista de Ricardo de estimular a criação do comitê Aécio-Ricardo”, comentou.

Bruno Farias disse ainda, durante a entrevista, que a postura de Ricardo e Luciano são distintas. “Recordo de uma reunião, no primeiro turno, dos vereadores com o prefeito Cartaxo em que a maioria da bancada sugeriu a criação de um comitê Cássio e Lucélio, mas o Prefeito, mesmo agradecendo o gesto, achou prudente, por uma questão de coerência e lealdade à escolha política que fez no primeiro turno, não levar adiante a criação desse Comitê. Naquele instante, vi que Luciano tinha, em sua linhagem política, a marca da lealdade”, citou Bruno.

O vereador do PPS concluiu registrando sua indignação com a criação do novo comitê e afirmou: “A natureza de Ricardo é de deslealdade a quem sempre lhe ajudou”.
Mais informações »

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Relatora indica multa para RC por conduta vedada; desembargador pede vistas

O Tribunal Regional Eleitoral  da Paraíba (TRE-PB) retomou o julgamento referente a propaganda eleitoral irregular, que tem como réu o governador candidato à reeleição Ricardo Coutinho (PSB). Na oportunidade, a relatora da matéria, a juíza eleitoral Antonieta Lúcia Maroja, indicou a condenação do socialista por conduta vedada por identificar publicidade irregular em quatro placas encontradas em locais de obras do Governo do Estado.

A magistrada votou pela condenação ao pagamento de uma multa de R$ 21,2 mil. Segundo ela, a figura do gestor é identificada na publicidade, principalmente, na transcrição de slogans como ‘o governo está aqui’ ou ‘essa é mais uma obra do governo para melhorar a sua vida’. “Isso fere a legislação eleitoral”, disse a juíza Antonieta.

Na sequência, o desembargador João Alves pediu vistas do processo e adiou a conclusão do julgamento. A coligação “A Vontade do Povo”, autora da ação, argumenta que o governador utilizou excessivamente da estrutura do Governo em sua campanha à reeleição.
Da Redação com Blog do Gordinho
WSCOM Online
Mais informações »

Ipespe: Cássio reduz diferença em João Pessoa e amplia vitória em Campina

A nova pesquisa revelada pelo Instituto IPESPE avaliando as projeções de segundo turno apontam que o candidato a governador pelo PSDB, Cássio Cunha Lima, melhorou sua posição na capital do Estado e ampliou sua disputa em Campina Grande. No geral, na pesquisa com os votos válidos, excluindo brancos e nulos, Cássio lidera com 53% contra 47% de Ricardo. Já na espontânea, o tucano obteve 46% das intenções de voto e o adversário obteve 41%. Os votos brancos e nulos somaram 3% e os indecisos 9%.


De acordo com a pesquisa, em João Pessoa, o candidato do PSB lidera com 47% contra 41% do candidato do PSDB. Em Campina Grande se dá o inverso, com Cássio na frente com 61% contra 26% do adversário. Lembrando que no primeiro turno Ricardo obteve na Capital 56% contra 35,88% de Cássio e em Campina a vitória foi do tucano com 59,82% contra 29,91% do concorrente.


No primeiro turno, Cássio obteve nas urnas em todo o Estado o total de 965.397 dos votos válidos (47,44%). Já Ricardo obteve 937.009 votos (46,05%). Foram registrados 192.482 votos nulos e 107.143 votos brancos. A abstenção foi de 17,65%. No segundo turno, o candidato do PSDB recebeu o apoio do Pros, partido que concorreu com a candidatura do major Fábio, que obteve 14.910 votos (0,73%). O candidato do PSB, por sua vez, recebeu a adesão do senador Vital do Rêgo, candidato ao governo pelo PMDB, que obteve 106.162 votos (5,22%).

Pelo levantamento feito pelo Ipespe, Cássio lidera a disputa nos grupos com idade entre 16 a 24 anos (47% a 43%), entre 25 e 44 anos (50% a 42%) e acima de 45 anos (47% a 43%). Já por grau de instrução ele vence o adversário entre os eleitores com ensino fundamental (50% a 42%) e ensino médio (46% a 43%), mas perde entre os eleitores de nível superior (41% a 52%). Por renda familiar, o tucano lidera entre os eleitores com até dois salários mínimos (50% a 41%) e de dois a cinco salário mínimos (47% a 45%). Ricardo vence no grupo com mais de cinco salários mínimos (48% a 43%).

De acordo com a pesquisa, as regiões onde Cássio lidera a disputa são Agreste (57% a 35%) e Borborema (46% a 43%). Ricardo é melhor avaliado no Sertão (48% a 47%) e na Mata (47% a 41%).


Em João Pessoa, o candidato do PSB lidera com 47% contra 41% do candidato do PSDB. Em Campina Grande se dá o inverso, com Cássio na frente com 61% contra 26% do adversário. Lembrando que no primeiro turno Ricardo obteve na Capital 56% contra 35,88% de Cássio e em Campina a vitória foi do tucano com 59,82% contra 29,91% do concorrente.

Contratada pela Editora Jornal da Paraíba, a pesquisa foi realizada nos dias 13 a 14 de outubro, ouvindo 1.500 eleitores. A margem de erro é de 2,6%, com uma confiabilidade de 95,45%. A consulta está registrada no Tribunal Regional Eleitoral, sob o protocolo número PB 00043/2014 e também no Tribunal Superior Eleitoral, sob o protocolo número BR 01093/

Da Redação
Mais informações »
Traduzido Por: ADAILTON MACARIO - DIREITOS BLOG VALE É NOTICIA